Apendicite. Estudo mostra eficiência do tratamento com antibióticos

Foto: healthnavigator

Foto: healthnavigator

Antibióticos podem ser uma opção para muitos casos de apendicite.

Vários estudos randomizados mostraram que o tratamento de apendicite com antibióticos, em vez de cirurgia, pode ser seguro e eficaz, mas os efeitos a longo prazo de evitar uma apendicectomia ainda não são claros.

Agora em um novo estudo, publicado no JAMA, os pesquisadores fizeram um acompanhamento de cinco anos de 256 pacientes que foram randomizados em um grande estudo para receber antibióticos em vez de cirurgia para apendicite não complicada – em que o apêndice não é rompido, há um baixo número de glóbulos brancos e não há bloqueio fecal.

Cerca de 60% dos pacientes nunca precisaram de uma apendicectomia. Dos 100 que eventualmente necessitaram de cirurgia, 70% tiveram no primeiro ano, e nenhum dos 100 teve nenhum resultado adverso relacionado ao atraso na realização da operação. A decisão de realizar a cirurgia foi deixada a critério do cirurgião assistente, o que poderia ter resultado em mais operações do que o necessário.

“Se eu fizer uma tomografia computadorizada, e puder ver que a apendicite é descomplicada”, disse a principal autora, Dra. Paulina Salminen, cirurgiã da Universidade de Turku, na Finlândia, “eu discutiria com o paciente os possíveis resultados de tratamento antibiótico sozinho ou cirurgia. Então faríamos uma decisão conjunta e imparcial sobre o que seria melhor. ”

Fonte: NYT