Apae Anápolis é habilitada como serviço de referência em atenção integral às pessoas com doenças raras

Foto: Jornal Contexto
Foto: Jornal Contexto

Foto: Jornal Contexto

Com a publicação da portaria 2.024, de 19 de outubro de 2016, a Apae Anápolis foi habilitada como Serviço de Referência em Atenção as Doenças Raras, e passa a atender no Ambulatório Multidisciplinar Especializado que é situado no setor Bouganville, no prédio da Escola Maria Montessori.

O serviço de referência é responsável por atender toda a região Centro-Oeste. O usuário chega ao Serviço de Doenças Raras via regulação municipal quando for oriundo da região de saúde Centro Norte Goiano e estadual quando vier do restante do Estado de Goiás ou da região Centro Oeste do País (SISREG).

A atenção básica também poderá encaminhar os casos através do sistema de regulação desde que siga os critérios e fluxos de encaminhamento com os devidos preenchimentos da suspeita clínica.

O serviço atenderá aos seguintes eixos e condições:

Eixo I – Doenças raras de origem genética:
Anomalias congênitas ou de manifestação tardia;
Deficiências intelectuais associadas a doenças raras;
Erros inatos de metabolismo (EIM).

Eixo III – Doenças raras de origem não genética:
Doenças raras infecciosas.

As atividades oferecidas pelo serviço são:
– Atenção diagnóstica;
– Atenção terapêutica específica para uma ou mais doenças raras;
– Atenção multidisciplinar aos usuários do serviço, de acordo com os eixos assistenciais especificados anteriormente;
– Possibilitar a integração social dos indivíduos usuários do serviço;
– Oferecer orientação familiar, bem como, apoio às famílias dos usuários;
– Contra referenciar os usuários para os centros especializados em reabilitação de acordo com o diagnóstico de cada usuário.

A equipe multidisciplinar é composta por enfermeiro, técnico de enfermagem, psicólogo, nutricionista, assistente social, médico geneticista, médico neurologista pediátrico, médico endocrinologista pediátrico, médico infectologista e médico pediatra.

Saiba mais

Ministério da Saúde divulga lista de hospitais habilitados como Serviços de Referência em Doenças Raras

Fonte: O Estado de Goiás